Novas receitas

Faces de fãs da #WorldCup, Rio de Janeiro

Faces de fãs da #WorldCup, Rio de Janeiro


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Desde a partida de estreia entre Brasil e Croácia, eu sabia que nunca havia presenciado um evento esportivo como a Copa do Mundo e provavelmente nunca veria algo assim novamente.

Eu não voei para o torneio como milhares de outros. Em vez disso, o Rio de Janeiro é atualmente minha casa. Eu vi a animação da cidade crescer constantemente conforme a Copa do Mundo se aproximava - serpentinas e bandeiras penduradas e cariocas ostentando orgulhosamente as cores de seu país. Tirando o número muito pequeno de manifestantes, eu vi uma cidade unificada e acolhedora.

Muitos diriam que o Brasil é a casa espiritual do futbol, ​​e o país que sedia a Copa do Mundo é como jogar gás em uma chama. É difícil expressar em palavras a atmosfera do Rio quando o Brasil está jogando. As horas que antecederam as partidas são frenéticas - buzinas, apitos, batidas de tambores, fogos de artifício e gente torcendo nas ruas. Os cariocas recebem pelo menos meio período de folga para as partidas, mesmo que não sejam disputadas na cidade. Bares e restaurantes estão lotados, e humildes quiosques de praia têm clientes de areia grudados em pequenas televisões.

Em total contraste, assim que o jogo começa, a cidade fica assustadoramente silenciosa. É como se o apocalipse tivesse chegado. Praias e ruas estão desertas e as lojas estão fechadas ou vazias. Só depois que o Brasil marca um gol você é lembrado de que está em uma cidade de mais de seis milhões de habitantes. O barulho de vivas é ensurdecedor.

A Copa do Mundo é mais do que uma grande festa temática de esportes. É um conector. Pessoas de todo o mundo são unidas por seu amor pelo futebol e pelo país. Eu vi um arco-íris de nações juntas levantando cervejas e revivendo as partidas do dia. Não se trata de política, religião ou fronteiras entre países.

É sobre futbol.

Desde o momento em que testemunhei a multidão de torcedores ao longo de Copacabana durante a partida de abertura da Copa do Mundo, eu sabia que queria capturar pessoas de cada uma das 32 nações. Entre o entusiasmo, os trajes, o orgulho nacional e o álcool, os torcedores se tornaram minha coisa favorita na Copa do Mundo. Alguns países foram fáceis de encontrar, enquanto outros provaram ser elusivos. No momento, estou perdendo sete cinco países, mas vou continuar a procurá-los.

Argélia

Eu esperava fazer uma foto em grupo dos argelinos, mas eles estavam negociando intensamente o preço e a validade de um par de ingressos. Eu não ousaria interromper negócios tão importantes. Enquanto isso, o único outro argelino que vi estava lucrando com seus 15 minutos de fama dando uma entrevista na TV.

Argentina

Honestamente, não sei quem realmente sobrou na Argentina, porque parece que todo o país está no Rio. Esses caras eram absolutamente loucos. Enquanto eles dançavam em Copacabana cantando, outros argentinos se juntaram a eles. Parecia uma espécie de show azul bebê da Broadway. Não há muito que me faça rir mais do que ver os brasileiros revirarem os olhos quando os argentinos começam a cantar. É uma rivalidade tão grande.

Austrália

Eu vi alguns australianos, e todos eles foram bem educados. Eu sei. CHOCANTE. Mas, ao lado dos argentinos, todos os outros torcedores parecem estar em coma.

Bélgica

Depois de mais de uma semana de pesquisa, finalmente localizei esses dois fãs belgas. Sentados à mesa ao meu lado, eles estavam comemorando a vitória da Bélgica sobre a Rússia.

Bósnia e Herzegovina

Esses três não eram o que você chamaria de gregários, mas foram legais o suficiente para me deixar tirar uma foto deles. Bem, eu jantei ao lado de dois caras da Bósnia, e eles estavam muito mais falantes. Quando crianças, eles fugiram para Copenhague durante a guerra, e quando a B&G se classificou para a Copa do Mundo, os rapazes decidiram apoiar seu país natal seguindo o time pelo Brasil.

Brasil

Como você pode imaginar, eu tenho minha escolha de fãs brasileiros. O Rio está encharcado de verde e dourado há quase um mês, mas essas duas fotos de fãs são minhas favoritas.

Esta garotinha estava comprando uma nova camisa para o dia do jogo com a avó quando ela tirou a bandana com o tema Brasil e arrumou o cabelo. Ela só pode ser a próxima Adriana Lima.

Enquanto todos assistiam atentamente aos minutos finais da partida Brasil x Croácia, eu observava a multidão. Poucos segundos depois de tirar esta foto, essa mulher e a multidão explodiram quando o Brasil marcou seu terceiro e último gol do jogo.

Camarões

No Rio, os fãs de Camarões são tão esquivos quanto um maiô de uma peça só. Acontece que eu vi esse cara, que na verdade não é dos Camarões, mas estava vestindo a camisa. Vou pegar o que puder.

Chile

Há muitos fãs chilenos no Rio e tenho uma relação de amor e ódio com eles. Cada vez que vejo a bandeira deles, fico surpreso. É muito semelhante à minha amada bandeira do Texas.

Colômbia

Embora sejam pequenos em número, são ferozes. Torça, Colômbia!

Costa Rica

De acordo com os formadores de opinião, a Costa Rica foi a mais longa das chances de vencer a Copa do Mundo. No entanto, depois de grandes exibições contra o Uruguai e a Itália, os Ticos são levados às oitavas de final. Imagino que derrotar a Itália seja mais fácil do que encontrar um torcedor costarriquenho de verdade nas ruas do Rio. Graças a Deus por esse cara. Pura Vida!

Croácia

Que fique claro que eu vi vários fãs croatas usando suas camisetas do tabuleiro de xadrez. No entanto, em nenhuma dessas vezes eu tinha minha DSLR comigo.

Equador

Aparentemente, esse cara está representando todo o país do Equador no Rio. Muito bem, senhor.

Inglaterra

Bem, a Copa do Mundo não foi exatamente como os ingleses esperavam. Eu me pergunto se esse cara vai fazer a tatuagem de uma adaga no coração para comemorar a primeira expulsão.

França

Encontrei esses torcedores franceses em um mar de vermelho durante o jogo contra a Suíça. Considerando o impacto que a França deu aos suíços, não é de admirar que eles estejam sorrindo.

Alemanha

O que é melhor do que um homem de lederhosen? SEIS homens de lederhosen! Prost, Deutschland!

Gana

Achei que Gana seria um dos países mais difíceis de encontrar e estava certo. Felizmente, esse cara apareceu do nada em Ipanema na tarde antes de os EUA jogarem em Gana. Depois que tirei a foto, ele me disse que Gana derrotaria a América novamente. Cara não tão rápido de Gana ...

Grécia

Se os fãs gregos se parecem com a seleção nacional, estou MUITO perdendo. Não desisti da minha pesquisa, com certeza.

Enquanto o sol estava mergulhando no horizonte, a Grécia apareceu no Arpoador. Ele tinha acabado de chegar ao Rio naquele dia e tive a sorte de localizá-lo.

Honduras

É mais provável que eu encontre Honduras em um mapa com meus olhos fechados do que outro de seus fãs no Rio.

Irã

O Irã é outro país que achei difícil de detectar. Acontece que esse casal foi uma das minhas primeiras fotos.

Itália

Mamma mia! Encontrar um bom carbanara no Rio é muito mais fácil do que encontrar um italiano de verdade. Este é literalmente o único ventilador que eu vi. A memória do campeonato mundial de 2006 desapareceu tão rapidamente? Onde você está, Itália?!?

Costa do Marfim

Eu sabia que encontrar um torcedor da Costa do Marfim seria um desafio. Além de ser um país pequeno, o time não joga no Rio. Infelizmente, vou continuar procurando.

Japão

Esses caras do Japão estão entre os meus fãs favoritos que conheci. Olhe para eles! Que grande senso de humor, que prevejo será útil depois que o Japão for eliminado do torneio.

México

Os fãs do México têm sido muitos, e eu teria que dar a eles o prêmio de mais criativos. De seus sombreros às fantasias de mariachi e às zombarias bem-humoradas contra os adversários, o México é um dos times que estou torcendo, mas sem o nome dos EUA. Quero ver o que os torcedores mexicanos farão nas eliminatórias. Eu prevejo pessoas usando fantasias de águia dourada com cobras de borracha em suas bocas.

Países Baixos

O que posso dizer sobre esse grupo holandês de rapazes? Eles estavam além de bêbados e possivelmente as pessoas mais felizes de Copacabana. Eu só queria ter tirado uma foto de seus tamancos laranja.

Nigéria

Nigéria onde você está?

Portugal

Conheça o João e a Sara da Spirits Trek. Este casal de portugueses tem viajado, trabalhado e feito voluntariado no Caribe, América Central e América do Sul por vários anos. Eles foram ao Brasil para a Copa do Mundo e também para visitar a família. Tive a sorte de passar alguns dias com esse casal brilhante e estou ansioso para vê-los novamente em breve. E de forma alguma vou segurar o empate de Portugal no último segundo gol contra João e Sara. Eles não podem ajudar onde nasceram.

Rússia

Talvez o mais surpreendente de todos os meus países desaparecidos seja a Rússia. Normalmente não posso viajar para qualquer lugar sem encontrar um russo. Suponho que o Rio seja a exceção.

Finalmente, encontrei a Rússia! Eu pulei da minha mesa à beira-mar e persegui esses caras até Copacabana. Eles ficaram muito felizes por eu ter tirado a foto deles. Você não pode dizer?!?

Espanha

Esses torcedores espanhóis estavam sorrindo de orelha a orelha antes do jogo contra o Chile. Horas depois, porém, eles choravam em suas cervejas. As esperanças da Espanha de ganhar campeonatos consecutivos da Copa do Mundo foram destruídas como uvas mazuela.

Coreia do Sul

Em 2002, a Coreia do Sul co-sediou a Copa do Mundo com o Japão. Naquele ano, o país também terminou em quarto lugar. Talvez eles ainda estejam comemorando essa exibição em casa, porque eu não vi nenhum indício de um sul-coreano em qualquer lugar do Rio.

Suíça

Eu tive minha escolha de fãs suíços, já que o conselho de turismo do país assumiu um bar em Lagoa perto da minha casa. O bar ao ar livre em estilo tropical foi transformado em um chalé na montanha, completo com tapetes de pele de carneiro, esquis e uma enorme tela de TV para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Eu estava um pouco nervoso sobre pedir a qualquer um dos fãs suíços uma foto, considerando que a França estava os chicoteando, mas esse cara tinha um rosto amigável.

Estados Unidos

Já ouvi muitos americanos na rua e em restaurantes, mas encontrar fãs vestindo as estrelas e listras é outra história. Finalmente, o primeiro jogo do time rolou, e eu avistei um cara em um macacão vermelho, branco e azul. Ele definitivamente leva o orgulho nacional a outro nível.

E o que dizer do trio de orgulhosos americanos? Eu os peguei fazendo flexões no equipamento de ginástica em Ipanema. Pessoal, eu vos saúdo!

Uruguai

O minúsculo Uruguai conquistou dois títulos da Copa do Mundo, que incluem o primeiro torneio em 1930 e 1950, quando derrotou o país-sede, o Brasil. Talvez o Brasil ainda esteja ressentido com essa perda e tenha proibido os uruguaios de entrar no país. Você nunca sabe com esta nação louca por futbol.

O post Fan Faces da #WorldCup do Rio de Janeiro apareceu pela primeira vez no Leah Travels.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sul-Americana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da equipe, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sul-Americana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da equipe, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sudamericana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras homenagens importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo a última vez a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sul-Americana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Sport Club Internacional

Sport Club Internacional, (Pronúncia em português: [ˌĩteɾnɐsjoˈnaw]) comumente conhecido como Internacional, Inter de Porto Alegre, ou simplesmente Inter, é um clube de futebol profissional brasileiro com sede em Porto Alegre.

O clube foi fundado em 1909 pelos irmãos Poppe, com o claro objetivo de ser uma instituição democrática sem preconceitos. Suas cores são o vermelho e o branco e seus leques são conhecidos como Colorados. É um dos clubes de maior sucesso do Brasil e da América, sendo o terceiro clube com mais títulos internacionais no Brasil, com 7 troféus. [1] Seu rival histórico é o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, com quem disputa o Grenal, um dos maiores clássicos do mundo. [2]

Jogam na Série A, primeira divisão do campeonato brasileiro. O estádio da seleção, conhecido como Estádio Beira-Rio ("Riverside"), foi uma das doze sedes da Copa do Mundo da FIFA 2014 e tem capacidade para 51.300 pessoas.

O Internacional faz parte de um grande clube esportivo com base em associados com mais de 200.000 associados. [3] O ano de 2006 foi o de maior sucesso na história do Inter, pois venceu a Copa Libertadores e a Copa do Mundo de Clubes da FIFA pela primeira vez, derrotando o campeão europeu Barcelona na última e o atual campeão da Copa do Mundo de Clubes São Paulo na primeira. O Inter mais uma vez conquistou o título continental em 2010.

Outras honras importantes incluem os títulos da liga brasileira de 1975, 1976 e 1979, sendo que este último foi a única vez que um clube ganhou o título invicto, a Recopa Sul-Americana de 2007 e 2011, a Copa do Brasil de 1992 e a Copa Sul-Americana de 2008.


Assista o vídeo: euronews hi-tech - Rio gears up for 2014 World Cup (Junho 2022).


Comentários:

  1. Bohdan

    Bravo, seu pensamento é muito bom

  2. Kezragore

    Eu considero, que você não está certo. Estou garantido. Eu sugiro isso para discutir.

  3. Sylvester

    Desculpe por interferir ... eu entendo esse problema. Convido você para uma discussão. Escreva aqui ou em PM.

  4. Randel

    Eu não começarei a falar sobre esse tema.



Escreve uma mensagem